sexta-feira, 3 de maio de 2013

Once Upon a Time 2x20 - "The Evil Queen"

Magia X Ciência. Quem vencerá?

Imagem: Google Imagens/Reprodução
Em seu antepenúltimo episódio dessa segunda temporada, percebi que o anseio de Mary Margareth, David,  Henry, Regina e os anões - embora demostrado de forma diferente - é igual. Todos querem voltar à Floresta Encantada onde é o verdadeiro lar deles. Até então, havia um jeito - as plantações de feijão -, mas, como eu havia previsto, Regina queimou tudo (quase tudo), deixando David e todos que estavam trabalhando nisso, desolados.
Pior do que o desastre ocorrido nas plantações, foi ver como a dita Rainha Má foi derrotada por apenas dois humanos que até então pareciam não ter nenhum poder sobre a magia. Mas o que Regina não esperava era ser confrontada com algo que os humanos vêm desenvolvendo há muitos anos: a ciência.

Na linha de tempo do passado, somos apresentados a mais uma pequena parte da luta incessante da Rainha Má em matar a Branca. Dessa vez, com a ajuda do feitiço de Rumplestilsklin, a Rainha transforma-se em outra pessoa para concretizar seu plano. Ou seja, todos a veriam como uma jovem camponesa.
Em meio ao povo, a Rainha viu o quanto era odiada por todos e também percebeu o anseio de todos eles de ver Branca como a verdadeira Rainha. Em um ato impensado, esquecendo-se de que aparecia para os outros com outro corpo, começou a defender a si mesma, e impediu que um homem queimasse um boneco feito a imagem da Rainha com uma tocha; assim, com a tocha na mão, os seus guardas vieram e a prenderam. Quando estava prestes a ser enforcada - mas mesmo assim afirmando ser ela a Rainha e chamando a todos de idiota -, ela é salva pela Branca, que cuida dela na floresta. Lá se abre, dizendo tudo que sentia em relação à sua madrasta. Foi aí que o coração da Rainha Má "descongelou", e por um breve momento desejou ser boa e voltar a ser uma família para a Branca. 
Andando pela floresta Branca vê todos que a ajudaram em sua trajetória pela floresta, mortos. Então, a partir de um pequeno detalhe que a Rainha Má deixou, Branca descobriu sua verdadeira identidade e quase a matou, mas movida de compaixão deixou-a fugir. Mas nunca mais perdoaria a sua maldade.

The Evil Queen foi um episódio muito bom. Me fez lembrar um pouco a primeira temporada, não sei bem o por quê. Gostei bastante da trilha sonora e do roteiro. Já estou com saudades dessa série, que terá seu penúltimo episódio exibido na TV americana no domingo. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário